contato@fotofilmagemsalvador.com.br

(71) 3508-7739

Empresa parceira da SPNFILMES

Fotografia Social para Iniciantes

Compartilhe

A transição entre o amadorismo e a vida de fotógrafo profissional tem, muitas vezes, a fotografia social como pontapé inicial. Após uma série de cliques informais, começam a aparecer as primeiras oportunidades, normalmente em família, para registrar pequenos eventos.

 

Aniversários, festinhas, uma recepção de formatura ou até um casamento de pequeno porte são sempre um desafio para quem nunca esteve diante da responsabilidade de apresentar um resultado acima das expectativas.

 

As dúvidas mais comuns tratam do procedimento em si. Como fazer? O que não pode faltar no futuro álbum? Onde devo me posicionar? Qual equipamento levar? São apenas algumas das questões que incomodam o futuro profissional.

Contrate um profissional.

Antes de começar a dar os primeiros cliques, é importante avaliar seu público-alvo: quem são seus prováveis clientes?  Uma boa rede de relacionamentos é tudo na vida de um fotógrafo social. É através destes contatos que você recebe pedidos de orçamentos ou, muitas vezes, indicações para realizar alguns trabalhos.

 

Se você está na faculdade, por exemplo, há um mercado muito bom para garimpar clientes. Amigos, amigos dos amigos, conhecidos dos amigos dos amigos, e por aí vai. Lembre-se que muitos casais se conhecem justamente neste período da vida. Se tiver uma boa rede de relacionamentos, não vai ser difícil alguém lembrar de você na hora de contratar um fotógrafo.

O simples nunca será errado

Esta é, provavelmente, é a dica mais valiosa para um iniciante: não tente inventar moda se não tiver idéia do que faz. Independente do tipo de evento saiba que o mínimo que esperam do fotógrafo são fotos em foco, bem enquadradas e tecnicamente bem resolvidas. Você pode até não impressionar muito, mas não vai ouvir nenhuma crítica mais contundente por ter feito o bom e velho feijão com arroz.

Conheça a dinâmica do evento

Seja qual for o evento a ser registrado, procure ter o maior número de informações possível. Eventos maiores possuem um cerimonial especialmente qualificado para administrar cada passo. Em outros casos, um parente ou alguém mais próximo da família normalmente toma as rédias e faz uma organização, ainda que superficial, mas simples o suficiente para dar um norte ao desenrolar do evento.

 

Fonte: www.fotografia-dg.com


Outros serviços